As Margaridas do Inverno, segundo volume da série O Castelos dos Animais, uma série escrita por Xavier Dorison e ilustrada por Félix Delep, editado pela Arte de Autor, encontra-se disponivel desde 25 de janeiro 20221. O primeiro volume, Miss Bengalore, encontra-se nomeado para duas categorias nos Prémios Bandas Desenhadas 2020, nomeadamente Melhor Publicação Estrangeira e Melhor Argumento Estrangeiro.

A História do Rock (para pais fanáticos e filhos com punkada) apresenta as principais figuras do maior movimento artístico dos últimos 70 anos: o Rock!

Novela Gráfica baseada no livro de Yuval Noah Harari e David Vandermeulen, com ilustração de Daniel Casanave.

Com a colaboração do blog "Rasunhos" de Cristina Alves, uma breve apreciação e análise da BD lida no inicio deste mês de março.

29 – Grass – Keum Suk Gendry-Kim – A autora retrata um testemunho impressionante de uma mulher que foi obrigada a servir como mulher de consolo para os soldados japoneses durante a Segunda Guerra Mundial. A autora consegue apresentar uma abordagem isenta de julgamento, enquanto acompanha a dura história desta pessoa desde a infância. Em termos de desenho este também vai variando consoante os episódios que retrata, resultando o conjunto numa excelente leitura;

30 – Oklahoma Jim – Lucky Luke – Este livro leva-nos à infância de Lucky Luke. Neste caso é obrigado a ir à escola mas aquilo que se pensava um aborrecimento torna-se numa aventura envolvendo pistoleiros e professoras primárias apaixonadas. Mirabolante e divertido, é uma aventura curiosa;

31 – Bog Bodies – Declan Shalvey e Gavin Fullerton – História de violência que se centra num jovem que trabalha para as pessoas duvidosas. A morte da jovem errada irá colocá-lo frente a frente com dois mandantes que têm o nome dele na lista das próximas execuções. A narrativa cumpre o que se propõe, mas não se torna espectacular;

32 – Zalatune – Nuno Gomes Garcia – Uma narrativa que se encontra entre a distopia e a ficção futurista, com elementos interessantes o suficiente para se tornar numa boa leitura. Ainda assim estraga esta possibilidade com clichés mal aproveitados e uma agressividade desnecessária na linguagem. O resultado é uma leitura desagradável, não porque esteja mal escrito ou não tenha interesse narrativo, mas por possuir elementos desnecessários à leitura, sobretudo misóginos.

 

Mais informação sobre banda desenhada, ficção científica e jogos de tabuleiro – críticas e derivados, em RASCUNHOS

 

Pág. 2 de 4

VOZ ONLINE é o nome da rádio licenciada pela Associação Voz Online Rádio - ARDVOZ.

Send Email

Todos os direitos reservados.

  •  

Registo na ERC nº 700077